Casa Claudina
As cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, aceita o uso de cookies. Mais informações

Termos e Condições Gerais de Venda

Termos e Condições Gerais de Venda



Estas condições são aplicáveis a todas as vendas concluídas com CASA CLAUDINA. Por conseguinte, o cliente reconhece ter lido estas condições gerais de venda e concorda em respeitá-las. Estas condições de venda são modificáveis a qualquer momento, e as condições aplicáveis serão as vigentes na data em que a reserva for feita.

Artigo 1 - TAXA
Os preços indicados estão em Euros e incluem o IVA aplicável no dia da reserva. As tarifas indicadas no sítio www.casa-claudina.com são as únicas tarifas contratuais. Os pequenos-almoços e refeições não estão incluídos no preço, no entanto, tem a possibilidade de beneficiar da restauração no local, contactando o nosso parceiro de restauração cujos dados de contacto aparecem no website: casa-claudina.com.

Artigo 2 - DURAÇÃO DA FICHA
O cliente que assina este contrato celebrado por um período fixo não pode, em circunstância alguma, reclamar qualquer direito de permanecer nas instalações no final da estadia.

Artigo 3 - RESERVAS E CONCLUSÃO DO CONTRATO
Todos os pedidos de reserva devem ser confirmados através do nosso website no endereço URL: casa-claudina.com, ou por e-mail: casaclaudina@hotmail.com, ou por um dos nossos parceiros OTAs (booking.com, airbnb.fr, abritel.fr...).
Se a reserva for feita por telefone, comprometemo-nos a confirmar a sua aceitação por e-mail.
A reserva só será validada após a nossa confirmação por e-mail com valor de contrato.
O pedido de reserva implica a aceitação das presentes condições gerais de venda.
Será solicitado um depósito de aproximadamente 30% do montante total da reserva e o saldo será pago 15 dias antes da sua chegada. A reserva só será efectiva se for garantida pelo cliente, após o pagamento de um depósito de 30%.
A CASA CLAUDINA reserva-se o direito de recusar qualquer reserva caso o pagamento por cartão de crédito seja recusado. As reservas feitas por transferência bancária devem ser honradas no prazo de 72 horas. Os dados bancários (RIB/IBAN) a serem creditados serão enviados num email separado. Após este período de 72 horas, é provável que as reservas sejam canceladas.

Artigo 4 - MEIOS DE PAGAMENTO
As reservas, qualquer que seja a sua origem, serão pagáveis apenas em euros. A CASA CLAUDINA aceita os seguintes cartões de crédito: Visa, Mastercard, maestro e American Express. www.casa-claudina.com tem um sistema de reserva seguro por encriptação SSL que protege e encripta todos os dados sensíveis transmitidos à reserva, a fim de evitar qualquer divulgação a terceiros. O pagamento é processado pela Stripe.com através do nosso website, que é uma solução de pagamento por terceiros, que aceita pagamentos com cartão de crédito e débito neste website. Esta é uma solução segura e rápida. No momento do registo da reserva, será emitida uma autorização de débito do cartão de crédito para 30% (depósito) ou 100% do montante total da estadia, dependendo da data de chegada e correspondendo ao saldo 15 dias antes da chegada.

Artigo 5 - MODIFICAÇÃO E CANCELAMENTO DA FICHA
Qualquer modificação ou cancelamento de uma reserva deve ser notificado por e-mail para casaclaudina@hotmail.com. O cancelamento só será válido após confirmação por e-mail ou telefone dos proprietários. O cliente pode cancelar a reserva sem encargos até 7 dias antes da chegada. O cliente terá de pagar o montante total da reserva se cancelar no prazo de 7 dias antes da chegada. Em caso de partida antecipada durante a estadia, o preço correspondente ao serviço inicialmente reservado permanece inteiramente adquirido pelos proprietários.


Artigo 6 - REGRAS INTERNAS - CUIDADO
Todos os quartos e áreas comuns da casa são de não fumadores.
É proibido fumar, mesmo com a janela aberta, nos quartos.
Em caso de incumprimento das presentes regras ou em caso de danos materiais no alojamento ou nas áreas comuns, poderá ter de pagar até 350 euros.
O depósito de 350 euros é pago no local, por cheque ou dinheiro quando recebe as chaves e é devolvido no dia da sua partida. Pode ser necessária uma peça de identificação (passaporte ou bilhete de identidade nacional) como parte do processo de check-in.
Os quartos estão disponíveis a partir das 16h00 e devem ser desocupados até às 10h00 do dia da partida. O hóspede concorda e compromete-se a utilizar a villa com o devido cuidado. Também qualquer comportamento contrário à boa moral e à ordem pública levará a gerência a pedir ao cliente para deixar a villa sem qualquer compensação e sem qualquer reembolso se já tiver sido efectuado um pagamento.

O lixo deve ser colocado nos contentores de lixo que se encontram no exterior do jardim. O recipiente para o vidro está localizado perto do churrasco.
Por favor, certifique-se de fechar os portões após cada visita para evitar a intrusão de cães vadios.
A piscina é limpa todas as manhãs entre as 06h30 e as 07h30, se não desejar beneficiar deste serviço gratuito, por favor informe-nos à chegada ou por e-mail.

Artigo 7 - CANCELAMENTO PELO PROPRIETÁRIO
Quando, antes do início da estadia, o proprietário cancela a estadia, por razões fora do seu controlo ou em caso de força maior (doença, morte, acontecimentos climáticos, deterioração das instalações, quebra de segurança dos clientes...), deve informar o cliente o mais rapidamente possível por telefone ou e-mail.
O cliente, sem prejuízo dos recursos por danos possivelmente sofridos, será imediatamente reembolsado dos montantes pagos.
FORÇA MAIOR :
Força maior é qualquer acontecimento externo às partes que seja simultaneamente imprevisível e intransponível e que impeça o cliente ou o estabelecimento de cumprir total ou parcialmente as obrigações decorrentes do contrato. São considerados como casos de força maior ou eventos fortuitos aqueles normalmente reconhecidos pela jurisprudência dos Tribunais e Tribunais Portugueses. Cada parte não será responsável perante a outra parte em caso de incumprimento das suas obrigações resultantes de um evento de força maior. Fica expressamente acordado que a força maior suspende, para as partes, o cumprimento das suas obrigações mútuas e que cada parte suportará os custos daí decorrentes.

Artigo 8 - FACULTATIVO
Possibilidade de utilizar a piscina aquecida durante todo o ano na piscina grande (200 euros). É aconselhável informar a Casa Claudina pelo menos 72 horas antes da data de chegada do cliente para que a bomba de calor da piscina funcione o tempo suficiente para permitir ter uma temperatura ideal.

Artigo 9 - Dentro de casa, bem como fora (piscina), as crianças estão sob a total responsabilidade dos pais.

Artigo 10 - ARRIVAL
O cliente deve chegar no dia especificado no momento da reserva entre as 16h e as 22h, quando a villa estiver disponível. Em caso de chegada tardia ou atrasada, o cliente deve informar a Casa Claudina por e-mail ou telefone. Em nenhuma circunstância o cliente será autorizado a utilizar a villa antes das 16 horas do dia da reserva, a menos que o proprietário dê instruções em contrário. Um conjunto de chaves do imóvel será entregue ao inquilino à chegada. Em caso de danos ou perda de uma das chaves ou telecomandos, será pedida uma compensação fixa de 20 euros por chave e 50 euros por telecomando. O conjunto de chaves que lhe foram confiadas deve ser devolvido no momento da sua partida.


Artigo 11 - PARTIDA
A hora de partida da villa é fixada o mais tardar às 10:00 da manhã, excepto se o estabelecimento Casa Claudina o autorizar a ultrapassar esta hora.

Artigo 12 - INTERNET
A Casa Claudina propõe um acesso de muito alta velocidade da tecnologia de fibra óptica em WI-FI 2,4Ghz e 5Ghz. O utilizador cliente compromete-se a que os recursos informáticos colocados à sua disposição não sejam de forma alguma utilizados para fins de reprodução, representação, fornecimento ou comunicação ao público de obras ou objectos protegidos por um direito de autor, por um direito vizinho, como textos, fotografias de imagens, obras musicais audiovisuais, software e jogos de vídeo, sem a autorização dos titulares dos direitos previstos no livro I e II do código da propriedade intelectual, quando tal autorização for necessária.

Artigo 13 - PETS
São permitidos pequenos animais de estimação com o acordo prévio da Casa Claudina. Em caso de partida de um cliente motivado pela recusa do seu animal, não pode ser considerado qualquer reembolso.
A Casa Claudina limita o número de animais no seu estabelecimento.
Os animais admitidos no estabelecimento estão sob a inteira responsabilidade do seu proprietário. Qualquer dano ou prejuízo que possam causar a bens ou pessoas pode ser objecto de um pedido de indemnização ou de processo judicial.

Artigo 14 - RESPONSABILIDADES
A Casa Claudina declina qualquer responsabilidade em caso de roubo, perda, degradação dos efeitos pertencentes aos clientes durante a sua estadia. O cliente será considerado responsável por qualquer dano, qualquer degradação, qualquer acto de vandalismo que possa ocorrer devido à ocupação dos edifícios e/ou por causa dos participantes e/ou do pessoal de que é responsável, tanto com os bens móveis, de decoração e bens imóveis pertencentes ou não ao proprietário da villa Casa Claudina. Por conseguinte, a Casa Claudina pode pedir ao cliente para deixar o estabelecimento sem qualquer compensação ou reembolso da estadia em curso, e para reembolsar os danos causados por estes actos.

Artigo 15 - CAPACIDADE
O presente contrato é estabelecido para um número preciso de pessoas indicadas no momento da reserva. Se o número de convidados exceder este número, os proprietários podem recusar convidados adicionais.

Artigo 16 - LEI APLICÁVEL
As presentes Condições Gerais de Venda são regidas pela legislação portuguesa e europeia. Este é o caso das regras de substância, bem como das regras de forma. Qualquer litígio está sujeito à jurisdição exclusiva dos tribunais portugueses. Não hesite em contactar-nos para qualquer informação adicional.

Artigo 17 - MODIFICAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE VENDA
Estas condições de venda estão sujeitas a alterações em qualquer altura e sem aviso prévio. A aceitação e o cumprimento destes termos e condições de venda são considerados adquiridos mediante o pedido de reserva.
O incumprimento das condições gerais de venda e das instruções de boas maneiras, pode ser considerado como uma violação do contrato por iniciativa do cliente. Em caso de partida antecipada do cliente, não pode ser considerado qualquer reembolso.